Vocês recebem o que pagam

Exotic Wedding Planning Conference 2016
Novembro 23, 2016
Inspirem-se e compartilhem
Dezembro 9, 2016
Show all

[:pt]

Caros Noivos, vocês recebem  o que vocês pagam.

Esta foi a nossa dica para esta semana.

“Você recebe o que paga” ou “o barato sai caro” são expressões muito usadas, mas também muito ignoradas, porque grande parte das pessoas quer algo que seja bom e barato.

Criar um orçamento para o casamento é, de longe, um dos aspetos mais stressantes do planeamento do casamento, porque… vamos ser realistas!, os casamentos custam dinheiro.

Vocês irão gastar mais neste dia em particular da vossa vida do que, provavelmente, em qualquer outro. É por isto que é natural perceber, lidar com este facto e calcular os valores.

Na indústria dos casamentos o “você recebe o que paga” é uma expressão que encaixa perfeitamente em todos os aspetos do planeamento e deve ser levada muito a sério no decorrer do processo.

Qualidade e excelência são dois fatores que têm muito peso e importância, quando falamos desta expressão. E isto porque a maioria dos profissionais desta área fornecem um serviço e trabalham a tempo inteiro, não sendo um hobby ou algo que façam apenas por diversão… Ou seja, isto é o seu negócio, a sua carreira, o seu sustento. É algo em que têm experiência e esforçam-se para que a qualidade seja cada vez maior. Ora a qualidade e tudo o resto, paga-se.

Independentemente de quanto um casal tem para gastar no dia do seu casamento, um conselho que lhes damos é… não corram riscos! Este dia é demasiado importante para se correrem riscos.

Claro que podem contratar aquele fotógrafo que é super barato, que apenas fotografou o casamento de um amigo com uma câmara de pouca qualidade, que comprou só para se divertir. Mas… e se ele  perde os  momentos essenciais do vosso dia? E se a câmara ficar sem bateria ou o cartão de memória ficar sem espaço?

Ou a noiva pode decidir fazer o bouquet com a senhora do catering que “desenrasca” a coisa por um valor simbólico; afinal de contas a senhora tem boa vontade e faz esse “jeitinho”… Mas “desenrascar” significa que ela sabe como construir um bouquet corretamente de modo a que ele não se desfaça? E se quando estiver prestes a entrar na cerimónia as flores começarem a cair?  Vale a pena correr o risco só para poupar umas dezenas de euros?

Portanto, basicamente, no que se refere aos fornecedores do casamento, tudo se resume à qualidade: a qualidade das flores recebidas, a qualidade dos materiais utilizados e também, a como as coisas são tratadas.

Claro que se quiserem ir pelo lado mais barato, nós compreendemos – ao fim e ao cabo, é o vosso casamento e o vosso dinheiro. No entanto, não fiquem aborrecidos quando o DJ não aparecer às horas certas ou a banda não seguir o repertório de músicas ou a comida não ser boa ou mesmo quando o fotógrafo tira só fotos horríveis.

No vosso casamento, vocês recebem o que pagam!

Fica a dica 🙂

[:en]

Dear Engaged Couple, you get what you pay for.

This was our tip for this week.

“You get what you pay for” or “the cheap becomes expensive”are very common expressions, but that also that fall on deaf ears because most of people what to have or do things that are good and cheap.

Making a budget for a wedding is, by far, one of the most important and stressful aspects of wedding planning. Why? Well, at let’s be honest about this, getting married costs money. A fair amount of money.

You will spend more on that day than you’ve ever spent on your life and, most likely, on one another. Therefore, you must understand this, deal with it and comprehend the value of what you’re planning. 

In the wedding business, the “you get what you pay for” expression is more than accurate and it fits in every aspect of the planning. You should take this process seriously.

Quality and excellence are two key factors that both important when we’re talking about this topic. That is why most professionals from this area, provide a service and work full time. Meaning, this is their business, their carrier and their livelihood. It’s something they have experience and work hard the achieve maximum quality for their clients. Well, quality and everything that comes with it, has a price.

It doesn’t matter how much you have to spend on your wedding day, our advice is…do not take any chances! This is a very important day and you must not take any risky decision.

Yes, you can hire that very cheap photographer, who only photographed his friend’s wedding because he bought a low quality camera just for fun. However, what if he loses the special moments of your day? What if he runs out of battery or memory space in his memory card?

What if you decide to have your bouquet made by the same person who does the catering because that person can do it for a “nice” price and it turns out, the person cannot make a decent bouquet and the bride hates it? What if you’re walking down the aisle and the flowers of the bouquet begin to fall off? It is worth taking the risk just to save a few euros?

A lot can go wrong, but when it comes to wedding suppliers it all comes to quality: the quality of the flowers, the quality of the materials, the quality of the place. Every little thing.

 Of course, if you want to go cheap, we understand – after all, it’s your wedding and it’s your money. However, do not get upset when the DJ doesn’t show up on time or the band doesn’t follow the song repertoire or the food is not good or even when the photographer takes only shaky and badly framed pictures.

Understand this: on your wedding day, you get what you pay for!

Just a tip for you 🙂

 

[:]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *